sexta-feira, julho 04, 2008

Meu sol


Tão quieta estava
envolta na lida estranha
de acalentar a solidão
tentando calar a mágoa,
cantando para ninar dor.

Então, saíste de ti para mim.

E já não sei para onde voltar os olhos
se, negros dessa costumeira escuridão
de quem nada lembra do amor,
perderam o rumo, mal sabem enxergar.

És tanta luz, meu amado!
Deslumbrante, vences minha noite
trazendo nas mãos, as flores novas
deste dia que nasce, por seu amor gerado.

Imagem: Dennis Kelly

21 comentários:

Mimi disse...

ai, Saramar... amor assim, só mulher para sentir!

Eu amo, amo, amo, não gelo nunca de amar...

maria claudete disse...

0 que importa na vida é esta capacidade enorme de versejar o amor , sempre, não importam as circunstâncias, você passa este momento mulher de uma forma linda e sensivel para nós. Abraços.

Sonia Regly disse...

OI!!!Como vai??
Obrigada pela doce visita, fiquei muito feliz.Esse poema é lindo, acho que vou postar lá no Compartilhando as Letras, posso??
Realmente a fase da Infância é algo que guardamos dentro de nós.Éramos felizes!!!

..::Andressa::.. disse...

Sempre me encanta suas poesias, o amor torna-se ainda mais belo!


bjoss

Helena disse...

Adorei Saramar, poetisa minha preferida.
Boa noite e amanhã um domingo lindo.

Bill Falcão disse...

E o amor ganha uma cor ainda mais bela aqui!
Bjooooooooooosssssssssss!!!!!!!!

Jota Effe Esse disse...

Um novo dia que nasce é um novo gozo na vida. Meu beijo.

Bichodeconta disse...

Delicioso este seu poema, aliás como já é hábito em tudo o que nos oferece.. Grande sensibilidade..PARABÉNS, UM BEIJINHO, ELL

~*Raíssa Sant'Anna*~ disse...

Amor, amor, amor
tudo ilumina!

boa semana

João Videira Santos disse...

Simples, sentido, um poema com voz!

Sonia Regly disse...

Oi Saramar!!!
Fiquei toda prosa com sua visitinha.Obrigada, apareça sempre vc é um doce!!!!

Suelly Marquêz disse...

Sara, lindissimo, entendi que neste olhar que nao enxerga nada, deve ser a PAIXAO, pois verdadeiro AMOR, é uma luz que nos guia pelo universo!
Boa semana pra voce,

Pensando disse...

Moça, se tens os olhos acostumados à escuridão, a agora não tiras os olhos da luz ofuscante, simples, compra um Ray Ban e vai à luta. rs
Esta poesia, poema ou sei lá, me fez lembrar que quando sofremos por solidão, por incrível que pareça, nos tornamos solitários, no sentido em que nos fechamos em nós mesmos e aceitamos essa condição sem lutar. Esperar que alguém venha e nos ilumine no escuro em que nos metemos acho meio temerário. E se não aparecer ninguém? Tudo bem que não tem a conta da luz no fim do mês rsrsrs, mas ainda acho melhor pentear o cabelo, botar um vestido e sair prá rua, nem que seja prá se sentir solitário no meio da av. Paulista. Ver e ser visto. Quem sabe ali naquela esquina não tem alguém também solitário. Cruzar olhares...eta coisa boa...são tão reveladores...
Beijos menina, e obrigado pela lembrança dos meus novinhos 52.

Ma disse...

Boa noite!
Como o dia amanhã será corrido, aproveito para deixar FELICIDADES antecipadas.
Conhecer seu blog foi sem dúvida, um prazer.
Eu , que tenho a pretensão de escrever, amei de paixão seus escritos. Pode ter certeza que voltarei sempre para beber desta taça!!
Toda a felicidade para você nesta nova etapa, neste novo ciclo que você inicia: aniversariar é uma dádiva, principalmente, quando temos amigos para compartilhar!!!
Agradeço sua generosidade em relação às minhas letras.
Apareça sempre!!!

elisabetecunha disse...

Minha fada linda

Escreve com tanta doçura que me encanta!!

beijos e apareça ,fico com saudade!

BANDEIRAS disse...

Querida amiga,

A vida continua seu curso, e nós
seus efêmeros espectacdores.
Feliz aniversário, são os votos de
teus amigos, Nômades, Bandeiras e Tigrão.
Há um post em comemoração ao teu
aniversário,
parabéns.
um beijo

Márcia(clarinha) disse...

Tanto amor...tanto!

Doce Saramar parabéns pelo seu dia, que toda felicidade do mundo lhe seja companhia!

lindos dias flor
beijos

Angela Ursa disse...

Saramar, a Ursa veio trazer um bolo florestal para comemorar o seu aniversário. Parabéns!!! Muitas felicidades!!! Viva!!! :)) Beijos floridos

Claudia Perotti disse...

Ando com os olhos confusos e o amor foi-se com a areia e o vento...

E assim como você um canto profundo enche meu espaço a fim de ninar a dor.

Bonito, querida!

Marco disse...

Olá, querida Saramar.
Antes de mais nada, FELIZ ANIVERSÁRIO!
Uma passarinha me contou que voc~e fez mais um aninho ontem, dia 9. Então vim trazer o meu beijo e dizer que te gosto muito e te admiro demais pelo seu talento e pelo carinho que você dispensa aos amigos.
Os seus poemas são um bálsamo para mente e coração. Acho simplesmente fantástico o fato de que tudo o que você escreve é de excelente qualidade. Você é um ser humano ímpar. Parabéns. Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

Anônimo disse...

Oi Saramar,
Gostei de sua proposta no blog.
Em seu perfil vi que sintoniza com sentimentos, sentimentos de alma..
Tb tenho um blog (http:/voceviuneide.blogspot.com) minha proposta é Saúde, Comportamento, beleza e Atualidade.
Tb acho que amar ainda é misterioso, porque as pessoas ainda confudem amor c/ paixão. e por aí seguem sem lembrar que somos inteiros e não metades...
Abraço-neide galinari-Raul Soares-MG