sábado, abril 01, 2006

Chão

Aonde irá esse andarilho que mora em mim?
Tento me afastar da tristeza, ele insiste em voltar a esses desvãos.
A tristeza voltou e não sei quem é o culpado? Serei eu ou ele?
Eu que acreditei que a estrada em construção seria o chão dos meus pés hesitantes a caminho de Pasárgada? Mas é tão frio, está tão longe de mim. A estrada se interropeu bruscamente e perdi o chão. Nem sou anjo, não posso voar, não posso mais sonhar porque tenho que buscar um lugar onde repor meus pés feridos, assim como minha alma. Será ele construtor de ilusões? Ou serei eu, perene visionária?

Imagem: Sérgio Rodrigo

8 comentários:

Magui disse...

Cuidado, tristeza demais e depressao.Mas se tem um motivo , sai fora.
http://somagui.zip.net

Rubo Jünger Medina disse...

Saramar, você tem razão. Amar e ser amado é muito bom.As coisas se tornam mais fáceis.
E esse lindo poema aí: ele construtor de ilusões (que figura de imagem mais linda...) e você presa a essas ilusões (que interessante dependência criada).
Parabéns pela criatividade.
bom fds. Beijos.

Nômade disse...

Busquemos liberar o andarilho que mora em nós, haverá ele de ir e vir.

Ouvir também o que fala o vento, a chuva o tempo.

Os amores tanto se anunciam e tão pouco vem, vale mesmo a procura a espera, a eterna ilusão.

soslayo disse...

Saramar, és tu que és visionária demais! Vai aos poucos não tem de ser "ou tudo ou nada". A vida é uma conquista permanente e insistente. Beijinhos.

Artes e Poesias disse...

Saramar: temos que encontrar a felicidade (ela está dentro de nós). Muitas vezes a nossa sensibilidade impede a nossa felicidade. Não permita, busque, medite e reflita. :-) Bjs

Scarlet Sartori disse...

Olá, vamos juntas para Pasárgada,lá sou amiga do rei e da rainha, heheheh... tudo bem??? Como vai aí? Adorei o seu post, volte sempre ao meu blog, um bjo querido!!!

Rubo Jünger Medina disse...

Você é muito legal, Saramar. Vê beleza em tudo. E isto valoriza o ego da gente. É um reconhecimento que deixa a gente feliz.
Beijos.
Bom fds.

Lia Noronha disse...

Saramar: na certa está se encaminhando pra um lugar bem feliz!!!
Sua poesia está a cada dia mais linda!
Beijos bem carinhosos.