domingo, agosto 13, 2006

PAI!

Não sou forte como pensas.
Ajuda-me!
Não sou tão corajoso como queres.
Ensina-me!
Não sou grande como tu.
Espera-me!
Dá-me a tua fortaleza,
espelhada na mão que me sustenta...
A tua coragem, provada, dia a dia,
na tua luta para que eu viva melhor...
A tua grandeza,
presente na dedicação que existia
à espera da minha chegada,
e que existe na continuação do amor feito mensagem,
até que eu chegue no limiar do exemplo que me dás!
E, cada dia, deixa-me ser o filho forte,
o filho corajoso,
o filho grande,
pelo amor com que prepara as homenagens que mereces!
(DESCONHEÇO O AUTOR)

P.S. do post: Ainda não consigo falar sobre o dia dos pais, mas encorajada pelas palavras do meu querido Marco, busquei essa mensagem para homenagear os pais que visitam o blog.
Parabéns a todos vocês.
Que Deus os abençoe para que continuem sendo exemplo, luz e árvore para seus filhos.

6 comentários:

cilene disse...

amiga...feliz dias dos pais para os ausentes o os presentes..o que estao aqui..e os que estao no ceu

Santa disse...

Sara
Belos sentimentos, os mais profundos sentimentos...Nunca serão fáceis de expressar!
Bjs

Luna disse...

Os sentimentos são sempre algo que temos dificuldade de exteriorizar, mas eles estão lá nos acompanham permanentemente, e são eles que nos tornam unicos
Feliz dia dos pais que ainda ausentes estarão sempre presentes
beijos

DO disse...

Pois falou e falou muito bem,SARAMAR.
PARABENS!!!
Beijos e um lindo domingo!!

Zé Carlos disse...

Sara, nós que não temos nossos pais conosco, sabemos a falta que ele nos faz. Tomara que nossa presença seja notada em vida e que nossos filhos sintam-nos sempre como imprescindíveis.
Beijo do teu amigo...

Freeman disse...

Olá Saramar,
Não vinha aqui desde as suas férias e as minhas...
E desde o comentário que deixei no seu post "Talvez" ...
Bjo.