domingo, novembro 04, 2007

Noite


"E tanto penso em ti, ó meu ausente amado!
que te sinto no Vento e a ele, feliz me exponho"
(Gilka Machado)



Um incêndio na noite, apagando veleidades de sombras
é o teu riso que contemplo e onde teço o meu abrigo.

Gardel traduzindo noites em túmidas madrugadas,
é tua voz a enlouquecer as estrelas que trazes contigo.

Oh Deus! É tarde e chove na noite. Lá fora,
molhada dança de flores e ramos, no meu jardim.

Invejo-os. Depois da janela, minha saudade,
o vinho esquecido no solitário copo, quem dera sua boca...

Haverá o dia, a chuva e a fogueira na noite
e eu, multiplicando estrelas, em ti, em ti...

24 comentários:

S.O.S. M I S É R I A disse...

Olá menina poeta vim te ler e vim também te fazer um convite para que venhas te juntar à luta no site fundado por Brasil e Portugal.

Grande abraço.
Alda Inacio

Anônimo disse...

Querida, não andei por aqui nos últimos dias. Hoje deu saudade e aqui estou.
Sempre uma casa bem arrumada e cheia de belos poemas. Dá gosto passar para ler .
Um abração
Leila Jalul

Yvonne disse...

Querida, multiplicar estrelas é o que você faz diariamente. Beijocas

Doutroladodomar disse...

OI, Sara ..(posso te chamar assim ?) . Obrigada pela carinhosa visita .Continuo com minha tese , até na blogosfera os que possue afinidades vão se juntando e formando uma grande turma.. beijo . Vou linkar teu espaço poético.

andre wernner disse...

Saramar,
Passar pôr aqui é elevar a alma, é sentir o belo e simples da vida, na riqueza da entrega e da sublimidade... Sem nada cobrar, nem exigir, mas apenas ceder na evolução do espírito.
Um espaço nobre.
Reverencio o espírito que o conduz!
Abs

Adriana Costa disse...

Gardel, vinho, chuva, fogueira, saudades... me identifiquei demais com tuas imagens.
Sempre um prazer te ler!
Beijos e flores @>--

marcelo disse...

Minhas noites tem sido parecidas a esta...vinho sem boca pra acabar com a paralisia do vinho na taça!

Bjs

Elli disse...

Concordo inteiramente e assino em baixo das suas palavras referente ao filme Tropa de Elite.
É exatamente tudo oq penso e sinto.
Recebi seu texto por email.
Parabéns.

ery roberto disse...

Pelo que observo, "aqui mora a poesia". E que lindas poesias. Parabéns por tão belo blog, Saramar. Deixei outro comentário no post da Paz. Abração.

Paulo disse...

A foto e o texto postado me fez lembrar daquela canção...

"Chove lá fora e aqui...
Faz tanto frio
Me dá vontade de saber
Onde está você?
Me telefona, me chama, me chama..."

Um abraço!

Manoel Gonçalves disse...

Agradeço e retribuo a sua visita ao meu blog. Obrigado pelos elogios ao meu texto, mas visitando o seu blog, faço reverência à dama das letras e aplaudo de pé (é que você não pode ver, mas eu juro que estou em pé. rss) o seus poemas e o seu blog.

A vida é uma poesia diária, onde cada estrofe tem a magia representada na simplicidades dos versos, momentos doces simbolizados por palavras como acordar, andar, sorrir, amar. Vivas à sua capacidade de juntar essas palavras, costurá-las em versos sinceros, formando estrofes vivas, que fazem pulsar a vida de seus poemas nas veias de quem os lê.

Eu vou, mas voltarei inúmeras vezes, pois como você mesma disse, é muito bom descobrir espaços como esse seu. Amo poemas, poesias, emboladas, repentes, textos bem escritos em geral. Ainda transformo o meu blog em algo assim. hehehe
Beijos.
Manoel

Gustavo disse...

Saramar,

Você está realizando uma estupenda combinação de palavras com imagens, para o deleite dos leitores.

tertu disse...

saramar,
vim agradecer sua visita ao meu blog.
o seu é sensivelmente belo! um encantamento!!! abs.tertu

Kall disse...

Saramar se perder nos braços do amado e um encntro surreal ne..bem nao e se perder e sim se encontrar inteiramente e maravilhosamente..rs
Tenha uma linda semana flor.
Bjo carinhoso.

Celia disse...

Obrigada pela visita no meu blog. apareca sempre. Um beijo

lucyleal.leal@netsite.com.br disse...

ola...obrigada pela visita evolte sempre; tenho outro que é http://agroquintal.blog.terra.com.br
Adorei suas insinuações perante ao ser desconhecido.
abraços

.:Tati Sabino:. disse...

que lindo saramar..vc sabe q sou sua fã, né?!
Bjos linda!

Caulus disse...

Belo blog, belo poema, mais uma poeta linkada... Abraços

adelaide amorim disse...

Lindo poema, Saramar. Andava com saudade daqui. Agora que voltei para casa, estou pondo em dia os poemas, as conversas, tudo que ficou parado nesses dias. Novo poema também no Inscrições e algumas notícias do Fórum de Ouro Preto. Beijo pra você.

josé louro disse...

Obrigado pelo seu comentario.
Vamo-nos vendo ok?
Bjo.

Claudinha disse...

Estava saudosa de seus poemas. Eu , que adoro me encontrar com estrelas, fiquei sonhadoras em imaginar multiplicá-las em meu amado. Beijão procê!

carla granja disse...

QUE LINDO POEMA MINHA QUERIDA! UM POEMA DE AMOR COM UMA CHUVA HÁ MISTURA :) EU TMB TENHO UM PARECIDO
., . - . - , _ , .
.) ` - . .> ' `(
/ . . . .`\ . . \
|. . . . . |. . .|
. \ . . . ./ . ./
.. `=(\ /.=`
.... `-;`.-'
......`)( ... ,
....... || _.-'|
........|| \_,/
........|| .*´¨)
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` *
*´¨) мιℓ вєιנoѕ♥*♥
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` **♥*♥
UMA ROSA PARA TI E BJOS

Simone Zellner disse...

Saramar, que espaço gostoso esse seu! visitarei mais vezes!
muito interessante o nome do seu blog, é disso que realmente precisamos, abrir mais janelas, instigar o novo, dar mais espaço a nós mesmo para tentar, tentar sempre, errando as vezes mas aprendendo com os erros!
beijos com carinho
Simone

Marco disse...

Cadê uma editora que não se interessa por seus poemas, meu Jesus Cristo??????
Que coisa linda, Saramar!!!
As imagens que voc~e usa com maestria invulgar... Muito bom demais da conta!!!
Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.