quinta-feira, fevereiro 16, 2006

Bolhas de sabão


Nunca brinquei com bolhas de sabão.
Brinquei com barro de fazer tijolos.
Brinquei com bonecas de plástico e coloridos comprimidos de vitamina doados por JFK (e que quase matam a mim, minha irmã e meu primo, de tão coloridos e doces).
Brinquei de macaco nos pés de manga da casa de minha avó, onde a fantasia era cotidiana.
Aquelas janelas imensas prenhes de janelinhas e trincos!
Alguém sabe o que são trincos?
O nome já é uma delicadeza que lembra a caixa de música, única da família pobre.
Nunca brinquei com bolhas de sabão.
Brinquei de escrever cartas para quem não sabia nada dessas coisas de escrever e estava com banzo.
Aos dez anos, escrever aquelas coisas de adultos, de saudades, de amor, de sonhos e decepções ou sucessos deve ter deixado rastros em mim.

Imagem: Lejeune

14 comentários:

Sally W disse...

If the universe did start with a bang - when God loved and the angels sang - one of the sparks that flew - chased time to become you :) xaNax

guto leite disse...

Fala ai Saramar ... se vc quer saber eu sei o que é trinco, sei até o que vem a ser ferrolho ... na casa do meu vô ... a coisa que mais tinha eram trincos nas portas
... agora quanto a mangueira existia no quintal uma enorme devia ter mais de cem anos ... a minha diversão pradileta era subir bem alto e la de cima sentado em um galho ficar chupando manga enquanto atirava as cascas nos meus irmãos que tinham medo de subir ou não sabiam ... brigadu por vc me fazer recrdar um pouco da minha infancia ... um beijo grande do amigo carioca guto leite

guto leite disse...

fALA AI sRAMAR ... eu não sei onde ando com a cabeça entrei aqui pra te falar sobre opost do chutando e acabei esquecendo ... depois passa pra ver se era assim mesmo ... um beijo ... guto leite

Marcos disse...

Cara Saramar:

Nada mais salutar que uma infância normal, eu tive uma bem normal também, lia muito, mas brincava muito também....hoje sei não parece que a molecada é meio travada...

bell disse...

querida Sara,
é...acho que há rastros em você...rs
ah, como são benditos e malditos esses rastros, se me permite dizer.
e eu, os adoro.

bjs*

Jonas Prochownik disse...

Belo o teu blog. Voltarei sempre. bjs. Jonas.

111x6 disse...

Mágica postagem Saramar , lembre-se que você faz parte do meu mundo e que isto me deixa muito feliz . Um beijo com muito carinho para você !

..::Hatje::.. disse...

Lindo texto, de sua autoria, nossa parabés.
Adorei a visita!
ótimo final de semana!
até+

Vera disse...

Saramar: que saudades da minha velha infância, trouxe seu post...Até é que parecida com a sua. família grande e próxima. :-) Bjs

Márcia(clarinha) disse...

Que delicia de lembranças de infância..me fez voltar no tempo e abrir o trinco do portão de ferro da casa de quintal e mangueiras imensas.......que saudades!
lindo domingo minha querida,
beijosssssssssssss

Jôka P. disse...

Saramar,
na minha infância brinquei muito com bolhas de sabão...

Nilzaaaaa !!!!!
Bjs!
JÔKA P.

Mário Osny Rosa disse...

Saramar como é lindos ler seus escritos, e saber que viveu como criança uma bela vida, na sua infância, e hoje as crianças não têm mais essa oportunidade de viver seu tempo de criança, mas vivem como adultos e a cada dia perdem mais sua infância e o direito de viver como criança.

Anônimo disse...

Looking for information and found it at this great site...
» » »

Anônimo disse...

Very nice site!
» » »