domingo, novembro 12, 2006

Mágico


Amor, por quantos caminhos me leva, folha de outono.
Quanto me faz mergulhar nestas fontes que secas, secam minha seiva, mas que me saciam todas as sedes, ao brotarem como o sol de depois do mar. Apesar de argonauta, nômade de mim, você me resgata das inconstâncias e arrepia minha boca, persistente como o sal do mar que o alimenta. Mágico arauto dos meus sonhos, água de matar a sede, vinho de me entontecer, nunca vem em vão, pois que me arranca do chão enquanto pousa em mim e me leva, leve, leve.

Imagem: Minrong Wu

18 comentários:

Anônimo disse...

Tão liinnddo.!
Depois de ler esta preciosidade, tive que contar até 10, para impedir que o meu coração rebentasse e obrigasse-me a debitar caratéres que o colocariam a nu.
Serei tudo o que quiser, só não me pode solicitar muito mais do que tudo o que lhe dou.
Um beijão.
Miguel

Marco Santos disse...

Saramar dos escritos tão belos. Para mim, vir aqui te ler é entrar para uma academia de musculação afetiva. Tudo é tão bom!
Beijos procê.

Anônimo disse...

Saramar:
Sempre que penso em ti,
dou-te tudo que eu sou...

OPaulo

Vera disse...

Querida Saramar, andei por aqui a ler-te e a adorar as tuas palavras maravilhosas.
É um cantinho mágico, onde, quando lemos, somos invadidos por uma paz enorme.
Beijinhos!

Anônimo disse...

O amor é mágico sem dúvida! Por vezes é um ir e vir... um secar e um alimentar... um entontecer...

O amor é uma fonte inesgotável de inspiração tanto quando nos faz feliz como quando nos faz infeliz.

Beijo grande.

Dj disse...

Olá,
Mágico são essas palavras que formam um maravilhoso post...
Parabéns...

Excelente semeana...

Lino Resende disse...

Belo texto, muito sensível e poético.

Jens disse...

Oi Saramar. Gostei muito do teu blog. Vou aparecer mais vezes.
Um poema que vi hoje no ônibus:
Calmo é o orvalho
Chega sereno
e permanece sereno.

Um abraço.
Jens

Santa disse...

A palavra certa, sempre...!
Bjs

Zé Carlos disse...

Sara, como você é sempre maravilhosa.... quanta inspiração e conhecimento no que faz.
Fico até sem graça aqui... você é muito especial....
Bjs do teu amigo que não aprendeu escrever.... ZC

marconi leal disse...

Muito bom, Saramar. Palmas e beijos.

Márcia(clarinha) disse...

Sabe quando palavras não traduzem sentimentos? Pois é..aconteceu agora ao te ler
noite feliz doce Saramar
beijosssssssssssss

Claudia Perotti disse...

Você tem o dom de dizer tudo que sentimos de forma bela! Lindo!
Beijinhossss

Sereia Azul* disse...

Hoje tentei abrir as janelas da minha alma...soltei-me nas brisas do pensamento e cheguei até este cantinho onde se respira POESIA e muito sentimento.
Obrigada por este momento sublime.

Voltarei mais vezes, se não te importares.

Uma brisa de mar no teu coração...

Sereia Azul*

Zeca disse...

Saramar,

mágicas são tuas palavras, que nos levam ao mundo dos sonhos e da fantasia, sonhando com amores e vôos soltos e leves.
Mágicos são teus textos/poemas, repletos de sentimentos e de imagens oníricas.
Nem sei como consigo passar dias sem fazer uma visitinha a estas janelas que se abrem para nós.

Beijos, carinho.

Raquel disse...

poxa bonito mesmo...
a gente sai flutuando junto com as palavras, essa coisa de oteexto invadir não são os nosos olhos mas o coração, a mente, a imaginação...

Dácio Jagger disse...

Do chão, ao sabor da brisa, dos ventos leves, vale o arrebatamento cujo fulcro está no furacão inicial movido a dois. /Lindo torvelinho./Beijo

cesar disse...

Saramar

e tudo continua belo por aqui.

Saudade de vc

beijos

cesar