domingo, dezembro 10, 2006

Clarice



"Eu escrevo sem esperança de que o que eu escrevo altere qualquer coisa.
Não altera em nada...
Porque no fundo a gente não está querendo alterar as coisas.
A gente está querendo desabrochar de um modo ou de outro..."
(Clarice Lispector)


Quem mais surpreendeu as palavras com a exatidão de seus contornos, ela também, surpresa de si mesma e de sua própria clareza?

Talvez, sua busca pela essência mais que pelo fato, pelo pensar mais que pelo ato, a tenha levado a compreensões maiores, invisíveis aos nossos rotineiros olhos.

E ainda assim Clarice afirma modestamente que "Aliás, descubro eu agora - eu também não faço a menor falta, e até o que escrevo um outro escreveria."

Porém foi e será sempre A ESTRELA porque seu sangue e seus ossos estão em suas palavras.

Ela mesma afirmou: "Eu acho que quando eu não escrevo, eu estou morta" (clique).

Hoje é o aniversário de sua morte e esta é a humílima homenagem que lhe faço, a convite do Lino e da Cris Penaforte.

26 comentários:

Thulio Benvenuti disse...

Oi.
Agora estou entendendo o porquê de tantos blogs estarem falando sobre Clarice. Infelizmente, como já disse em outro blog, ainda não li nenhum livro dela. Pelos elogios que já li, feitos para ela, estou percebendo que estou perdendo muito com esse atraso.
Passa lá no meu blog depois quando puder.
Grande abraço e um ótimo dia.

Daniele disse...

Adorável Saramar,

Não conhecia esse seu espaço lindíssimo !

Seu post sobre Clarice está magistral. Clarice merece, Clarice foi perfeita, foi uma visionária !

Sua homenagem a magistral Clarice Lispector está fenomenal !

Beijos,
Da amiga,
Dani

Lino disse...

Saramar:
Você tem razão: Clarice é, e sempre será, uma estrela, apesar de ela própria dizer o contrário em alguns dos seus textos.
Quero agradecer sua participação nesta homenagem. Ela é importante.
Obrigado.

Tom, um ser diferente... disse...

Clarice, é Lispector.
Espectador, vivo a "clareza"!


Beijos,
Tom

Vera Fróes disse...

Saramar, Clarice merece todas as homenagens que estão sendo prestadas hoje. Reconheço que não conhecia muito dessa grande escritora e contista, mas depois dessa postagem vi que preciso ler mais.
Participo da blogagem coletiva tbm.

Bjos.

Lou Salomé disse...

Clarice é mesmo uma estrela. E certamente ninguém soube tão bem como ela encontrar a emoção das palavras mais simples, né? Um abraço, Saramar, o prazer também é meu de te conhecer.

Anônimo disse...

Oi Saramar, grato pela visita e acho muito legal essa blogagem coletiva. O Brasil tem a memória curta e é uma maneira de manter vivo o nome de Clarice. Um beijo e bom domingo para você (e sinta-se servida com uma taça do cabernet que estou tomando!!)

Patty disse...

Adorei a sua homenagem... Ela é sim uma grande estrela na nossa literatura, pena q não a vemos nas escolas. Pena mesmo.
Um beijo e ótimo domingo!

Léo Scartezzine disse...

Hum..cheguei no meio de uma homenagem,né ? Poderíamos ampliar a festa pra todas desconhecidas que escrevem tão bem quanto ela?
Beijos do Léo

Livros & Literatura disse...

Saramar, boa noite.

Conhecer Clarice, ouvir Clarice, ler Clarice, enfim, trazer Clarice para o nosso presente assim, tão viva no dia de hoje, que grande idéia.
Parabéns e obrigada pela oportunidade de conhecer o seu blog!

Um abraço, Marcela.

Tina disse...

Lindo, lindo post. Obrigada querida.

beijos e boa semana,

Márcia(clarinha) disse...

Clarice minha musa maior, daí eu não encontrar palavras para homenageá-la.
Linda semana doce Saramar
beijossssssssss

Carlinha disse...

Oi Saramar,

Grande homenagem isto sim, foi o que fez.

Encontramos nela uma forma de desabafo da alma de nós mesmos.

Um grande beijo e ótima semana!

Carlinha disse...

Ah, ía me esquecendo.
Li antes no teu perfil e não escrevi aqui: sou uma amante inveterada dos cães - principalmente os vira-latas.
Beijos!

Kafé Roceiro disse...

Tudo que fazes é lindo!

Unicus disse...

Os génios não morrem, minha amiga..
Beijo

adelaide amorim disse...

Linda homenagem a Clarice, querida. Você captou o essencial do que ela escreveu, o principal motivo de sua escrita. E bonito blog, a começar pelo nome! Beijos e ótima semana.

Lili disse...

Hoje a blogosfera está mais bonita, mais cheia de frases lindas e fotos maravilhosas. Que bom, não?

elisabete cunha disse...

Saramar, que surpresa agradável sua visita no "encanto"!Fiquei apaixonada pelo seu blog, estarei sempre fazendo uma visitinha ! aparece lá também! Posso te linkar?
um abraço baiano!!!!

Enoisa disse...

Oi! Saramar! Que maravilhosa idéia esta blogagem coletiva sobre a Clarice Lispector!! Muito legal meeesssmo ler em cada blog trechos do pensamento de Clarice!! Beijos e obrigada pela visita!! Boa semana prá ocê!! rsrsr

elisabete cunha disse...

Ia esquecendo, acabei de postar sobre Clarice, pois estava viajando e não tinha acesso a Net.
Vai lá e DÊ UMA OLHADINHA:
www.elisabetecunha.wordpress.com.
Você chegará np "encanto"
Me visita, será um prazer!

Marco Santos disse...

Saramar, tenho certeza de que Clarice ficou muito feliz com suas palavras. Ela que escrevia com imensa simplicidade, mas com enorme profundidade, merece toda homenagem, toda poesia que em seu nome se faça. Beijos procê.

Grace Olsson disse...

Querida, eu me identifico por demais com as obras da Clarice.Parece que ela escrevia para a gente, olhando nos olhos de cada leitor.Dando a nuance real de seus pensamentos.Dias felizes.Obrigada pela visita.Voltarei mais vezes.
Não vamos nos eprder de vista...gostei de seu blog.

Cris Penaforte disse...

Olá...boa tarde, tudo bem?Desejo que sim...Obrigado querida, por participar conosco da Blogagem Coletiva...que foi mais uma vez um sucesso! Seu blog é lindo e adorei ocnhecê-lo...acho que vou linká-lo assim, apareço aqui c/ mais frequência...Lindo post, volte sempre, Uma semana maravilhosa, Crissss....

Ritoca disse...

Oi Saramar!

Ótima a homenagem à Clarisse. Os textos dela são sempre marcantes.

Beijocas

Ritoca

Um Poema disse...

Belíssima homenagem a que, humildemente, me associo. Quem faz uma afirmação destas não morrerá jamais.
Um abraço