quarta-feira, março 01, 2006

Depois de Momo


Retorno aos dias comuns.
Retorno cheia de saudades e carinhos, depois de ser mimada durante quatro dias por arlequins e pierrôs amigos que adivinhavam meus desejos e coloriram minhas noites.
O céu também me presenteou com exageros de estrelas e sóis imensos.
Beija-flor esteve ao meu lado, imenso, branco e calmo.
Joguei bola na piscina com lindos e bronzeados apolos e chorei de rir com Dianas e Afrodites.
Baudelaire fez muito sucesso entre o público e quase não parou em minhas mãos.
Orwell, coitado, ficou trancado na mala, esperando outra oportunidade. O duplipensar não combina com rei Momo.
E, agora, vamos à vida!

9 comentários:

Moita disse...

Sarita

Você faz o contrário; bota o bloco na rua depois do carnaval. Durante, é no mato.

Bem, mas pelo que narrou, o mato tinha bastante coelho.
E tinha eu torcendo que você se divertisse bastante.

Quanto aos livros é sempre assim. Não combinam com carnaval.

Muitos cheiros.

Cláudio B. Carlos (CC) disse...

Beijos.

Taia disse...

Mas que interessante!
Foi bom então...
Beijo imenso e saudades de vir aqui.

Jôka P. disse...

NILZAAAAA !!!!!
NILZAAAAAA !!!!
Um beiJôka !!!
:D

Jôka P. disse...

SARAMAAAAAAR !!!!!
Beijôkas !!!!
:D

Poeta da Noite disse...

Como se diz em portugal.
Esta vida são dois dias mas o carnaval são três "ou quatro".

peciscas disse...

Depois do Carnaval chega sempre a Quarta-Feira!

Marcos disse...

Cara Saramar:

É isto ai, o bom do carnaval é o fim, demora mas acaba...Flores do Mal para todos...

Bjs

Marcos

Giulia disse...

Bom retorno! Para a nossa alegria, as janelas continuam abertas... beijos