sábado, junho 30, 2007

Espera

E se de repente, você vier
e me encontrar assim arrumadinha,
como brinquedo de criança triste?
Tudo no lugar certo, como os mortos em seus balaios entrelaçados
de dores?
Não, nada de flores novas.

(Deixo a agitação me tomar
como se você já estivesse a caminho
).

Minha transformação virá dos seus olhos.

Deixo tudo como está.
As cores desmaiam nas paredes,
amarelam-se os cadernos,
os poemas de amor, antes esperançosos,
perdem o sentido.
Lágrimas sem compostura se espalham,
rios que não levam os reflexos da saudade
em minha casa vazia.

(e sei que não virá, nunca virá.
tudo é permanência.
o tempo se alimenta em minhas veias e
meu desarrumado coração envia já, os sinais
costumeiros da solidão
).

Imagem: François Fressinier


AS SETE MARAVILHAS
Marco, Nena, Betty e Zé Carlos nem esperaram começar o mês de julho e já me enviaram seus presentes. Confesso que mal soube desembrulhá-los de tão emocionada e feliz que fiquei. Precisei da ajuda de sete pessoas, sim SETE (vejam a lista abaixo) que são, na realidade, as maiores maravilhas.
Santa, Marconi Leal, Leo, Ursa Sentada, Pedro Pan, Nilson Barcelli, Lata Mágica.

9 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Parabéns pelos presentes, aliás merecidos.
E obrigado por se ter lembrado de mim.
Adorei o seu poema. É muito bom, parabéns.
Bom final de semana, beijinhos.

Ricardo Rayol disse...

Belo texto minha maravilhosa gurua....

Leonardo disse...

Me dá um abraço também? Fiquei muito feliz, Sara. Eu sabia que a qualquer hora dessas tudo isto valeria a pena.
Obrigado.

Zé Carlos disse...

Olá querida Saramar
Seu Blog foi indicado pelo meu como um dos Blogs SETE MARAVILHAS DA BLOGOSFERA pelas qualidades com que nos presenteia, por favor leia o regulamento que acompanha a indicação.
Um abraço do Zé Carlos

Renata disse...

Olá amiga Saramar! Vim te dar um bjo e me deparei com vc tristinha...melhoras, viu!
bjos

teresamaremar disse...

Deixar como está... para não desarrumar mais.

Até se deixar de ter pena do que não valeu a pena.

Um beijo

eu disse...

Poema lindo, até uma inculta como eu gosta.


D. Galinha

Angela Ursa disse...

Querida amiga, agradeço a você pela indicação da Floresta da Ursa para As Sete Maravilhas! Estive ausente ontem porque me submeti a uma pequena cirurgia. Mas graças a Deus correu tudo bem e já estou em casa. Beijos e carinho da Ursa! :))

Mélica disse...

Cheguei aqui através do Lino!
Realmente foi uma ótima indicação.. parabéns!
Lindas poesias!! Sabe, acho que o
legal desses prêmios é que acabamos conhecendo outros blogs..;)
Uma ótima semana.. beijos!