segunda-feira, maio 14, 2007

Vermelho

Hoje é dia de vestir vermelho e disfarçar a dor.
Saio, aventureira, fingindo ser flor em volta do sol.
Procuro o verso, o verbo,
um jeito de ser, de dizer, de me dizer.
Procuro um rosto, um apelo,
um olhar para além da minha pele.
Procuro algo que me faça sorrir.
Encontro poeiras, névoas (estarei cega?).
De que são feitas as manhãs que percorro,
vestida de feliz?
Engano o olhar para ver o que quero. O belo.
Mas não há novidades.
A manhã é feita de retalhos de sol e sonhos.
Vago, vida em vermelho, vou recolhendo esses pedaços
de sonho espalhados pelas calçadas matutinas.
Deles talvez, um verso, um dizer (inútil ou tosco),
dessas manhãs em que me busco.


Imagem: Jane Bellows

Vá ao lindo blog do Leo para ler um poeminha meu.

14 comentários:

Ricardo Rayol disse...

Um vermelho plúmbeo cinzento e opressivo...

Sandokan disse...

Esta noite, o luar
é um corpo branco de mulher
no azul do ar,
reclinado,
roçando a fronte do poeta
eternamente dos céus enamorado.

Mas eu sou teu Amigo,
companheiro de
longas caminhadas.
Amigo
que não esquece a estrada,
porque ela é
uma doença romântica,
um assunto do coração,
uma metáfora da vida.
Anda, vem caminhar comigo
indiferente
a esta mais longa e
violenta caminhada,
porque terás sempre
a minha
SOLIDARIEDADE

*

Vem comigo, então, ao
http://lusoprosecontras.blogspot.com

moacircaetano disse...

Vermelho é a cor da vida...

Fernando Palma disse...

"vestida de feliz" muito bom isso.
Voê tem uma maneira leve de escrever, a escolha das palavras confortáveis, mansas. Gosto disso.

Ate mais!

grace disse...

EU NAO GOSTO DO VERMELHO, BELEZINHA...APESAR DE SIGNIFICAR FORTALEZA, VIDA, NÃO GOSTO MUITO DESSA COR.ADORO O LILÁS, O AMARELO...BITOCAS E DIAS FELIZES

Claudinha disse...

Olá menina, já disse no Falares e venho sussurrar aqui, você é genial! Eu visto minha paixão d vermelho, minha esperança de amarelo e minha felicidade de todas as cores... Não, não está cega, você está (sempre) Poeta!

wander disse...

Quantas vezes nos desfarçamos né amiga?
Escondemos atrás de algumas palavras,algum sonho ainda não vivido,só quem busca a si mesmo conhece o jardim da insegurança
Como esses versos teus, estou a procurar o menino que se foi...

Folhas secas e rosas na mão,foi assim que o vi pela ultima vez

Pata Irada disse...

Oi Saramar
Dizem que o vermelho assusta e com isso ficamos mais protegidos.
Espero que melhores rapidinho.
AAAAAtchim!
Vitamina C, muito carinho e bastante repouso, e não esquecer também de tomar bastante líquido.

Uma ótima semana e muitos beijos.

Fernando Pinto disse...

«(...) Saio, aventureira, fingindo ser flor em volta do sol (...)»

Amei!

Beijinhos,
Fernando Manuel

maria claudete disse...

você é que é feliz amiga por poder vagar pelas manhãs de sol recolhendo pedaços de sonhos e versos... mágico! Bjs. Claudete

Ursula disse...

Lindo como sempre!
Beijos

teresamaremar disse...

Cito-te

"retalhos de sol... sonhos... um verso"

bom para recomeçar :)

outro beijo

suruka disse...

Vermelho paixão
rompendo poeiras,
a cor que nos aquece e ilumina.

bjs

Marco disse...

"fingindo ser flor em volta do sol."
Sem comentários.
DEZ!
Carpe Diem.