sexta-feira, setembro 14, 2007

Acalanto

Um poeta me falou do amor
e de ventos e sonhos,
perfumou meu coração com suas palavras.
Veio com as mãos prenhes de girassóis e
abriu a noite em que me encerro
em amarelos ardis de encantamento.
Refez as madrugadas que eu havia esquecido
e as estrelas se vestiram de bailarinas.
Brilham além da luz,
brilham nos meus braços
e acendem minhas mãos,
o único pedaço de mim que dormia
e agora, coloridas de vida, ensaiam carinhos.

Um poeta me falou do amor
e não mais anoiteço.
Agora, adormeço no colo das suas palavras

Imagem: Ona

22 comentários:

Natália Nunes disse...

"Refez as madrugadas que eu havia esquecido"

Que bonito isso!
:)

Eu gosto muito das imagens da Ona - bem, não sei se é mulher rs.

Bjos!

Renata disse...

uau!!!!!
Posso ser uma das estrelas bailarinas?! rs.r.sr.s.

bjos, querida e ótimo fds!

Betty disse...

Só os poetas sabem falar tão bem aos corações.
Ave poeta!

Mar Arável disse...

A poesia por vezes faz "milagres"

porque alguns de nós também se alimentam de palavras

Iu disse...

Que jamais acordes do sonho que é ser acordada assim.

frodooliveira disse...

Querida, que bom que existe esse poeta, e que te inspira a escrever versos tão singelos quanto este!!!
Beijos, ótimo fim de semana!

Claudinha disse...

Saramar...O poeta só te alcançou porque você é pura poesia...Adoro suas imagens poéticas e torno-me repetitiva à cada vez que aqui venho... Beijos!

ALF disse...

E num bailar floresce o encanto o amor...
Um acalanto incomensurável.

Lindo.

Beijos

Edna Federico disse...

Bendito poeta que abriu as portas do amor...
Beijos

Joice Furtado disse...

Vc é especial, digo especial pois não encontro palavras para dizer o quanto é admirável.

Um abraço

Daniele disse...

Querida Saramar, Uma poetisa me falou do amor, de ventos e sonhos...entranhando minha alma com as sua palavras. Uma poetisa me conduziu na noite, anunciando o amor e no sentir desta poetisa, conhecida como SARAMAR, eu adormeçi.

beijos na sua alma,

Ursula disse...

Beijos querida. Como sempre, textos lindos!

Jota Effe Esse disse...

Estrelas vestidas de bailarinas não deixam mesmo ninguém anoitecer. Posso vê-las rodopiando no espaço entre girassóis. Meu beijo.

Crys disse...

Encantamento, é a palavra perfeita pra descrever o que sentir ao chegar aqui para retribuir sua visita no Jardim. Lino é um amigo muito querido. Fiquei satisfeita com a nossa rapidinha, e fiquei mais feliz ainda com o resultado de fazer novos amigos, conhecer vc e outros leitores dele, tá sendo uma experiência nova e gratificante. A porpósito teu blog é maravilhoso, é o que podemos dizer de um espaço poético que transborda paixão e sedução. Gostei! Aguardarei vc em outros momentos. Beijos!

Mamanunes disse...

"Veio com as mão prenhes de girassois..."
Encheu meus olhos de luzinhas bailarinas.
Um beijo querida
:)

maria claudete disse...

é sempre bom ler vc, isto mesmo, vc é o que escreve , e passa para nós todo esse encantamento do amor madrugada, como deveria ser sempre, primeiras horas de nossas vidas. Abraços, Claudete

Yvonne disse...

Meu coração também é perfumado todas as vezes que aqui compareço. Beijocas e um lindo domingo.

Nilson Barcelli disse...

Já não a lia há uns tempos (falta de tempo...) e os poemas que li são todos excelentes.
A sua escrita é notável.
Beijinhos.

Ricardo Rayol disse...

como sempre um tesouro. Te indicquei pro canetas douradas rs, te vira. depois passa lá para ver como é o esquema.

Nena disse...

Ai, Saramar, me indica esse poeta!

tow precisando, sabe?

;-)

beijo, querida linda Saramar

Alice disse...

sempre me encanto com suas palavras !!! bjus no seu coração de poeta !!

Susi Carvalho disse...

Que lindo suas palavras e soa suave como uma brisa ! beijos