sábado, março 03, 2007

Tango

Cansei-me de filosofices, das fotos bonitas em revistas inúteis, de visões do paraíso, de mortes, fumaças e do universal bocejo dos políticos-cangurus.

Vou cuidar das minhas fomes com bombas de chocolates e beijos que ressoam no céu da boca.
(quero suculências).

Vou lamber minhas feridas com todas as portas abertas.
Vou cantar na noite e espantar os morcegos sonolentos do meu castelo de cartas.



Cansei-me do amor pela metade,
do amor diplomático,
do amor paz-e-amor.

Vou me perder de paixão, dentro de um tango
e me embebedar de absinto.
De amor, vou morrer todos os dias.
Quero a paixão,
a alma que se abre,
que toma, devora e recomeça.
Cansei-me de meios tons e penumbras.
Agora, tudo é vermelho e amarelo.
E preto e branco.
E vice-versa.


Imagem: Klimt

12 comentários:

elisabete cunha disse...

"Cansei-me do amor pela metade,
do amor diplomático,
do amor paz-e-amor."
Ai Saramar, como vc conhece a alma feminina!!!!
Beijos!

ordisi disse...

Atirar-se ao amor é sinal de eterna juventude.

Beijos juvenis.

Marcos Caiado disse...

Então, fiquei só.
E surdo.
Finalmente sufoquei as palavras de ir que andavam pela casa.
Hoje vivo de versos alheios
que nada querem saber
- com eles faço a festa! -

..E de amor, morro todos os dias.

Sergio disse...

olá, Saramar!

Que bom ser essa mudança para um amor maior e melhor....não ficar na mesma dá outro tom.

um beijo e bom domingo

Lino disse...

Pois então, faça uma imersão neste novo mundo. E o aproveite.

Flávio disse...

Pior, que a gente se cansa mas sempre volta. Pq a vida material é feita de meios-termos... ;) Bjs, belo post

Daniela Mann disse...

E quem fala assim não é gago!
Por vezes temos mesmo que que bater o pé e viver uma "crise de egoismo", (no bom sentido), para levantar a moral e reunirmos forças para prosseguir e voltarmos a olhar para o próximo!
É o que se chama "recarregar baterias"!
Beijinhos amiga

Silvio Vasconcellos disse...

Amor de braços abertos!

Lindo!

Beijos

Indianira disse...

hummm...bombas de chocolate...água na boca!

**C@tuli-> disse...

É isso aí! Mergulhe nesse tango e viva intensamente o amor!
Beijos

Ursula disse...

Adoro essas coisas intensas, cheias e completas. Lindo texto.
Beijos

Bruna disse...

Oi Saramar,

Tudo que é morno não tem emoção. Renovar, pra melhor, é a pedida.


Beijos