terça-feira, janeiro 24, 2006

Blogs e blogueiros


Blog cura solidão.
Acima de tudo, blog é um ninho.
Tanto para abrigar quanto para gerar amigos.
E blogueiros amigos fazem de tudo, até milagres: curam solidão, dão carinhos, ensinam, brigam conosco (comigo ainda não, graças), enviam flores, criticam, mostram belezas que sequer imaginávamos existir, amam, incentivam, elevam nossa auto-estima, mandam presentes, são presentes, revigoram nossa confiança na vida, etc. etc. etc.
Blogueiros são anjos de guarda. Quando menos esperamos, eles nos resgatam do perigo de ser só.
Parodiando o Toquinho, eu que andava numa solidão de fazer medo, de repente foi me acontecer de iniciar um blog e hoje estou cercada de amigos, todos queridíssimos, todos.
Agora mesmo vi uma frase lá no blog da Ritoca (http://carmem_bonfim.blog.uol.com.br//): "quem sou eu sem vocês?"
É assim que me sinto. Sem vocês, os meus amigos, nada sou. Apenas solidão.

Hoje, por exemplo, ganhei um presente de um desses amigos-anjos e estou mais que feliz.
Obrigada, queridos.

11 comentários:

Moita disse...

Quem me dera...
fosse eu que pudesse
ter lhe dado esse PRESENTE.
Por tudo que você
representa para gente,
eu lhe daria o FUTURO.

Pedro Nobre disse...

Concordo plenamente com essa frase, os blogues são como uns filhos para nós, como um amigo meu disse "um blog é como um tamagoshi, sentimos a necessidade de alimenta-lo..."

Pedro Nobre ;)

Moita disse...

saramar dise que esse blog é como sua casa.

Fiquei receoso de entrar; mas ela foi tão generosa que ei entrei, gostei, sentei.

Agora ela vai ter que me expulsar.

E, o melhor: eu vou voltar pulando a janela.

Taia disse...

Tão bom amigos, reais virtuais. Todos vem ao coração!
Obrigada por sua amizade!

Cláudio B. Carlos (CC) disse...

Oi!

Passando...

Beijos do CC.

Moita disse...

“Oi!

Passando...

Beijos do Fulano de Tal”


Bem, eu não precisaria visitar alguém,
Se não tivesse, de fato, com vontade de visitar.

Agora passar e deixar esse tipo de recado,
Parece-me que; ... se a intenção é marcar presença,
é melhor gritar: presente!, como eu fazia em 1973.

Isso é apenas o que eu acho. Não tomem com exemplo,
e, principalmente, não tentem fazer isso em casa.

Assinado MOITA

guto leite disse...

Fala ai Saramar ... quando vc diz que somos impacientes, que reclamamos de tudo na hora de vcs se vestirem, eu tenho que discordar ... aprendi a exercitar a nobre arte da paciência com a minha amiga centopéia ... rsrsrs ... até hoje ainda não vi nenhuma obra de arte ser executada da noite pro dia ... que me perdoem os apressados, mas uma mulher se arrumando e na verdade uma obra de arte sendo criada ... o resultado sempre me encheu os olhos ... é um verdadeiro colírio para meus olhos... e porque não dizer para a alma ... um beijo grande do amigo carioca dona de toda a paciência do mundo ... guto leite

Ritoca disse...

Oi Saramar!

Adorei este seu post. Vc conseguiu descrever muito bem as sensações deste mundo blogueiro.

Abraços e um dia lindo prá vc,

Ritoca

bell disse...

Oi Saraaaaa....
que isso mulher, nada de solidão(olha que gfala!)rsrsrs

És uma pessoa formidavel,ta?
Adoro o que escreve, sabe mt bem disso...

bjs*

Thulio disse...

Está aberto o concurso POESIA PARA O MUNDO. O concurso escolherá a melhor poesia da internet. Para participar entre no blog http://depara.zip.net e veja o que fazer.
Boa sorte.

Jôka P. disse...

NILZAAAAA !!!!
NILLLLZAAAAAAA !!!!!
BeiJÔKAs !!!