terça-feira, janeiro 10, 2006

Um presente especial!

Foto: Venice Palazza Da Mula, de Claude Monet

Ai, a tagarelice é um defeito que me persegue, seja oral, seja escrita.
Mas agora, tenho um motivo especialíssimo para voltar.
Ah! como não ficar vaidosa? como não ser pretensiosa?
Impossível. Esse mundo é cheio de tentações.
Acabo de ganhar um poema. E de quem? Nel Meirelles, nem acredito.



será mar?
ler poemas
é como respirar
orvalho de primavera
em pleno inverno
Nel Meirelles

7 comentários:

Sérpico disse...

Parabén spelo blog. Linkamos seu blog ao nosso.

Santa disse...

Você merece!

Ritoca disse...

Oi Saramar!

Que lindo! É para ganhar o dia mesmo! :)
Parabéns a quem ganhou e a quem escreveu. Um gesto delicado assim a gente não esquece.

beijocas

Ritoca

Jôka P. disse...

Ganhar um poema deve ser como ganhar uma carinho.
Ganhar um carinho pra mim é ganhar um chocolate, também.
Ou paçoca de amendoim.

Seu blog tá lindo !

Você tá melhorando ???
Bjs,
paçocas e
chocolate.
JÔKA P.
:D

Silvio Vasconcellos disse...

O melhor presente que uma poeta pode receber é justamente um poema!

Parabéns, Saramar, você merece cada letra, cada verso!

Santa disse...

Voltei pra dizer que adoro os florais de Monet. Qualquer dia faço um post pra gente relaxar.... Beijinhos.

cilene disse...

vc merece o poema!! parabens