terça-feira, janeiro 17, 2006

Novamente?


Apaixonar-se deveria ser mais fácil e mais raro.
Não, não é contradição.
Apaixonar-se tantas vezes assim, dá um trabalho!
É como mudar de casa toda semana; mesmo não querendo, carregamos as tralhas, os tiques, os sonhos. Levamos uns carinhos guardados, inauguramos outros.
E, na semana seguinte, ou no dia seguinte,
ou no ano seguinte, lá vamos nós novamente.
Outra paixão, mesmo coração.
Mesmo???

11 comentários:

cilene disse...

amiga paixao so existe na nossa cabeca...por isso acaba

bell disse...

Paixão..acontece...é inevitavel..
Amar, é raro.
Pra mim, impossivel.

Apaixonar-se, um dos meus lemas!!rs

Saramar, o coração é o mesmo..
As paixões...bem, já as paixões...
ah, têm que estar em eterna mudança...

bjs*...
adorei seu post...
=]

Barata Voadora disse...

Vim através de outro blog amigo. Gostei do que li. Peço a permissão de puxar uma cadeira e instalar-me. Posso ficar?

Jôka P. disse...

Eu queria me apaixonar novamente, nem procuro um grande amor.
Um pequeno amor, já alegraria o meu coração sofrido.

Carlos disse...

Apaixonar-se é bom, mas precisamos escolher um pouquinho, bem pouquinho, para não nos decepcionarmos muito. bjs...

Jôka P. disse...

NILZA,
aceito o seu convite para o chá.
Gostaria de poder sentar ao seu lado na mesa, posso ?
Vai ter bolinho também ?
Hummmm !!!

Pedro Nobre disse...

Concordo contigo, por vezes quando pensamos que temos passar novamente por todas essas fases... mas quando nos apaixonamos de novo esquecemos isso.

Bjs,

Pedro Nobre

Taia disse...

Apaixonar é de dar nó no coração.
mas é tão bom... quase um vício!
Beijos!

Rubo Jünger Medina disse...

Gostei sobretudo do template do seu blog, claro que após a beleza do poema. Realmente estamos precisando nos dias de paixões, seja elas quais forem. Melhor dizendo, colocar esse sentimento em tudo que fazemos.
Abraços

Rubo Jünger Medina disse...

Quer dizer que a paixão, em nossas vidas, deve acontecer constantemente?
Abraços.

Anônimo disse...

best regards, nice info
»