quarta-feira, janeiro 17, 2007

Oração dos sozinhos (refeito)

Ah! Menino, o que sabe de ausências
e como irá consolar os sozinhos?
Ainda tão novinho, Menino, nunca sentiu a voz ecoando em paredes indiferentes, nem sabe do corpo frio, da alma fria.
Como irá povoar os espelhos
com a única e sempre mesma imagem?
Menino, Menino, o que sabe de pés imóveis,
sem rumo, sem destino?
Menino, já viu mãos vazias?
Já viu essas mãos inúteis?
Reconhece lágrima, Menino?
São esses mares salgados, povoados de dores que,
ora mansos, ora balbúrdia, molham todos os travesseiros
de todos os sozinhos neste mundo.
Não, não queira saber, não queira.
Menino, você só sabe do amor e é impossível lhe explicar os sozinhos.
Impossível explicar a fome a quem é maná.
O que posso lhe pedir, Menino, se nada sabe do pedaço que me falta?
Não, não quero nada, não peço nada.
Olhe para outro lado, busque nas festas onde, sob luzes coloridas,
outros iguais a mim escondem sua solidão
em verde, vermelho e os dourados fingindo sol.
Busque em outras festas onde não estarei
porque perdi todas as fantasias.


Imagem: François Boucher

15 comentários:

Deco disse...

Sejamos mais, ora! Mais poesia, mais emoção, mais humanos, mais coração. Mais trabalhadores, mais fortes, mais competentes, mais honestos... Mais sábios, mais inteligentes, mais doces, mais conscientes... Mais amáveis, mais compreensivos, mais amigos... Mais generosos, mais sinceros, mais sensíveis... Mais verdadeiros, mais companheiros, mais felizes... Mais amor.

Fique com a paz e a luz de Deus e se cuide. Bjs!

Enoisa disse...

Saramar, quero desejar prá ocê e sua família uma linda noite de Natal! Muita alegria e paz no coração!! Beijinhos!

Anônimo disse...

Mau sabem os sozinhos q existem pessoas muito mais sós q vivem rodeadas por uma multidão, não é mesmo ?
Basta uma amiga verdadeira ou um companheiro e o estar só desaparece.
Entretanto a solidão é necessária para o auto conhecimento e o seu texto nos faz refletir muito sobre o q é estar só.
Adoro seus lindos textos, além de emotivos nos levam a uma avaliação.
Não é isso o q o escritor mais almeja?
Vc consegue querida, te gosto muito, de verdade.
Muita paz e harmonia nesse Natal e no ano q se aproxima.
Beijos
Sonia

José Alberto Mostardinha disse...

Olá Saramar:

Que nesta quadra te sintas alegre e feliz.
Votos de um:

              ♥
             ***
            *****
          *Feliz*
         *********
       ************
     ****Natal*****
   *****************
  *******************
 ********2006********
                ||
              █||▀ ██
         ▄██ ██▄


Um Beijo,

Cris Penaforte disse...

Querida Saramar...Lindo texto, lindo mesmo...tudo bem querida?Desejo que sim...Apareça por lá...Bjão carinhoso, Crissssss...

nomadezz disse...

Oi Sara, Oi Mar.

O excesso só nos leva a indiferença e obesidade.
Trabalhemos pois pelo amor que nos é querido.
Assim, a noite, o corpo, cansado, se não tem a quem amar, tenha o sono merecido.

Anônimo disse...

Amo esse poema.
O q é a solidão?
Os verdadeiros solitários estão rodeados de gente, apenas não se identifica com eles.
Todos sentimos isso, em ocasiões diversas, é muito difícel achar quem nos veja a alma.
Te adoro Saramar, de coração,
SôniaSSRJ

Zé Carlos disse...

Olá Sara querida... vc sabe muito bem que com raras exceções os internautas são meninos sozinhos....
e as garotas meninas solitárias....
Ainda bem que temos poetas como você que nos mostram a luz e nos mostram o aroma doce da vida....
Bjs do Zé

Graziele disse...

É... Solidão.. somente quem vive..podes dizer como és...
Beijos....

Jéssica disse...

Solidão às vezes faz um bem danado.
Beijo e linda tarde pra você*.*

seth disse...

Saramar,

a tristeza nos posts é intensa. A sua escrita está imersa de sentimentos. Dói para escrever assim, eu sei.

Você disse que suas palavras iriam voltar e esperava que com menos dor. Claro que a tristeza de seus posts pode não ser a sua tristeza, mas também o pode e se for, não sei pelo que passa, mas torço pelo seu bem-estar. Sempre.



Seth.

Sergio disse...

ola, saramar!

o que seria da solidão se não tivesse a companhia?

um beijo e um bom fim de semana

Hilda disse...

A pior solidão é aquela acompanhada... já a solidão sozinha pode até ser agradável, nala acontecem sonhos, o encontro comigo... Beijos e se tuas palavras são reflexo do que estás dentido, te digo: isso passa....

marconi leal disse...

A solidão é fera, a solidão devora, já dizia aquela música. Belo texto. Beijos.

Marco Santos disse...

O Menino precisa ler isso. E ouvir isso. E sentir isso.
Um beijo, querida.