terça-feira, janeiro 23, 2007

Permanência


Eu o deixo ali,
jardim antigo que insisto em cultivar.
À distância, mergulho em suas teias verdes,
sementes e folhas mortas.
Deixo-o no canto das minhas lembranças
em meio aos verbos que arrancou de minha boca, ecos de feroz ternura.
Deixo-o em meu peito,
espinho e bálsamo dessas feridas vermelhas
abrindo-se em velas de mal navegar.
Eu o deixo, vela de promessa em altar
do deus perverso dos solitários
e suas mil mãos de lembrar.
Deus de nunca se contentar.
Deixo-o trancado no escuro,
nos armários onde escondo
meus vestidos de amar.
Mas você volta sempre, assombrando meus olhos,
perfume derramado em meus vasos nus.
Volta sempre, o barco de me levar.

Imagem: John W. Watherhouse

8 comentários:

Nomadezz disse...

Bom dia Sara,

Que palavras bonitas, quantos pensamentos lindos, tesouros tantos quardados, quanto amar.

Bjs

cilene disse...

ninguem volta pra mim..rsrs

Ana Luiza disse...

Querida, que coisa mais linda!!! Não... não pense que é porque li algo sobre amor mal resolvido, nestas tuas entrelinhas... e nem tampouco, porque ando num momento meio retrô...rs. O poema é lindo, porque é lindo mesmo! É bonito demais ver a maneira como brincas com as palavras. Me deliciei. Beijo grande.

Márcia(clarinha) disse...

Lembranças saudosas que não nos abandonam...
lindo dia doce Saramar
beijosssssssss

Anônimo disse...

Saramar,
querida não o deixe, ele irá voltar sempre e não assombrará os seus olhos.
Continua fabulosa nas suas palavras e assusto-me por mim e por si.
Sabe meu bem, eu "sangro"...
Um beijo
miguel

Anônimo disse...

Que lindo amiga. Um poema completamente doce.
A macieza ds palavras, dessa poética tão sensível.

Lindo.

:)

Júnior Creed disse...

ah, doce Saramar... vou me extasiar num jardim de girassóis agora, deitar e apagar... embora eu permita que meu "fantasma" vá, ele sempre volta, me assombrando e me roubando cada vez mais. lindas e sábias palavras, anjo... lindas e sábias!

Marco disse...

"O barco de me levar" é um luxo, heim? Você sempre me surpreendendo com suas imagens tão bonitas...
Beijos procê.