sexta-feira, outubro 07, 2005

Mais coisas (as últimas)

Há tantas coisas em mim meio doentias. Coisas sem nexo que faço ou falo. Promessas não cumpridas, nunca cumpridas. Vontades que não satisfaço e que me perturbam. Coisas que faço sem querer e me agridem. Uns desencontros constantes.
Escrevi três linhas no meu blog de poemas sobre as palavras que ando pronunciando e que são equívocas, porque não as poderia pronunciar. Mas, são as minhas vontades me dominando, às vezes.
Queria nascer novamente.

Um comentário:

Nômade disse...

Nascer novamente,

Seria o desejo de voltar ao passado?

Renasça das cinzas.

Em um futuro, procuramos vidas passadas.