domingo, julho 15, 2007

Luz e sombra



E nos demos nomes de amantes,
e nos provocamos com paixão.
E me dizias Helena, de tanta beleza, perdida.
Pulsamos juntos nas páginas do nosso amor,
mudando o ritmo do mundo.

Agora que és apenas a minha saudade,
tão enorme te tornaste
e entranhas o meu mundo
como areia de tempestades.
Dos romances que encenamos,
restou apenas a tragédia de quem ama sem ter amor.

Imagem: Ian Winstanley

15 comentários:

Mário disse...

Caramba, Saramar! Como você consegue dizer tanto em tão poucas linhas? Admiro o seu talento, sabia? Poema emocionante, minha amiga! Bom domingo e uma excelente semana!

Rosangela disse...

Agora que és apenas a minha saudade,
tão enorme te tornaste
e entranhas o meu mundo
como areia de tempestades.
E precisa de mais algum comentário???
Ai saramar...Eu já disse que sou sua Fã??Se não disse, estou dizendo agora...
Beijos e muito obrigado pelos parabéns...

Anônimo disse...

Minha suave e verdadeira amiga!
gosto muito de vc!

elisabete cunha

Ursula disse...

Adorei o poema. Beijocas

Marco disse...

Querida amiga Saramar,
É duro dizer para alguém que ela é apenas uma saudade.
Que lindas estas coisas que você escreve, molhando a pena no coração.
Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

Renata disse...

Dos romances que encenamos,
restou apenas a tragédia de quem ama sem ter amor.

Infelizmente amiga hoje eu fico com esta parte...

bjos

Moura ao Luar disse...

Como o amor se transforma... será o destino de todos os amores? O importante é saber recomeçar. Beijo

Edna Federico disse...

Quando a saudade vem e o amor ainda está enraizado, hummmm...é doído, né?

Nena disse...

E o que fazer para escorrer essa areia toda?
Saramar lindeza de viver, que saudades de vir aqui!

beijo

Ritoca disse...

Oi Saramar!

Eu vim agradecer seu abraço e desejar-lhe felicidades atrasada pelo seu niver.
Sim, somos irmãs de signo! :)

Beijocas fraternas,

Ritoca

Vera disse...

:D Olá SARAMAR! Minha amiga canceriana querida, perdão se perdi o dia do seu niver... PARABÉNS SEMPRE! Pelos poemas e pela pessoa linda que você é. Que Deus a conserve sempre assim, serena e lúcida. :) Beijos no seu coração.

Ricardo Rayol disse...

ais um lindo texto com o qual nos brinda, não canso de repetir que és minha gurua.

ALF O Extasiado disse...

Lindo, profundo texto.
Encanta e inebria a alma.

Perfeito Saramar, perfeito...

beijos

Zé Carlos disse...

Sara querida eu me encanto a cada dia mais......
Bjs do Zé

Sandra Leite disse...

Lindo texto!
Que bom é ter saudades!
ainda que doa, você está vivo! E viveu!
o problema é quando vivemos mas já estamos mortos a muito temmpo.

bjs,

sandra