terça-feira, julho 24, 2007

Se fosse tempo de sorrir

Se fosse tempo de sorrir, amor,
iria convidá-lo para a festa
pela banalidade dos relógios,
todos mudos, inúteis
agora que você chegou.

Se fosse tempo de sorrir,
em serenata solitária,
eu cantaria em um fado,
a fábula do nosso amor,
encheria a noite de cor.
(a lua me acompanharia)

Se fosse tempo de sorrir...

Mas agora, é a hora das pedras
de tanto sangue banhadas,
mais lembram uma guerra.
é hora das pedras que caem,
é hora das pedras que cobrem
os homens, quase pássaros
e seu último voar.

Agora, é hora da dor
e há tantos relógios parados,
não pelo fim da espera.
estão para sempre mudos,
pela morte, pelo horror!

Imagem: Leonardo da Vinci

6 comentários:

ALF O Extasiado disse...

Que coisa mágica. Nas palavras que você flui tão naturalmente esse sobrevoar sobre o sorriso. Do reflexo, felicidade.

Se fosse tempo de sorrir, seria uj tempo para guardar.

Agora, hora de orar.

=]

Belo poema,

Beijos

Daiana disse...


Tempo...
como é difícil sorrir nos dias em que vivemos não Saramar?
Mas um motivo especial para achar que o tempo parou?em um momento angustiante?
Tenho que confessar que gosto muito de poemas alegres, mas os tristes tem uma beleza muito maior...
concorda?

Adoraria ter seu email ou msn para poder conversar com você um dia...

bjos

Edna Federico disse...

Você tem razão...vivemos numa época em que sorrisos estão cada vez mais raros, é uma pena isso.
Tem prêmio pra você no meu blog.
Beijos

Sílvio - O Q F disse...

Saramar, você tem o dom de fazer poesia na dor, de lembrar que existem momentos bons mesmo quando as pedras estão ensanguentadas.

Querida, você sempre é bem-vinda nos meus blogs! Venha sempre, se sente, tome um café, sirva-se de biscoitos. É sempre bom tê-la por perto.

Outra coisa: estou lançando HOJE um novo blog junto com outra contista, a Lu Cordeiro do Rio (Plenos Pecados, Nas Esquinas da Farme). Um blog a quatro mãos que espera por você em: http://olegariaquerfalar.blogspot.com
Se puder ajudar na divulgação, lhe agradeço muito!

Um beijo!

Sílvio

Rosangela disse...

OI minha querida Saramar,,,. claro que pode pegar o texto sim...Alias ter uma pessoa como vc, admirando o que escrevo é uma alegria imensa,porque sou extremamente sua fã...Você escreve como poucos, sabe como ninguém, derramar a alma em palavras.
Amo te ler...
Be3ijos

carol disse...

Adorei visitar seu blog,
Lindos textos. Vc escreve muito bem