quinta-feira, outubro 05, 2006

BORBOLETA


Venho dizer, amor, que dos dias, levo a cor dos seus olhos a me enfeitar.
A você, devo falar que, quando nada mais restar, ficará em mim a doçura de suas palavras de amor e as cores que acende em minha pele.
Para você, quero ser como a aurora dos dias, um sutil acordar que subitamente se revela em cores quentes.
Para nós, imagino caminho tranquilo, pés descalços e alma de borboleta para voejar tranquilamente sobre a vida, dela apenas admirando a cor e o perfume.

11 comentários:

Pata disse...

Saramar
Que lindo!
É a felicidade! Simples.
Não precisamos de muito mais do que isto.
Vim para respirar e recarregar.
Consegui.

bjs.

Machado de Carlos disse...

Ela Chama-se Amor!
Machado de Carlos
http://www.ilove.com.br/autores/texto.asp?idpi=878////´´Aquece-me com a tua mocidade´´
Olavo Bilac///Quando caminhava a passos sem cor;
A solidão era um beco sem saída.
Via a Luz! Lá estava o Show da minha vida!... e ela veio toda vestida de amor!Das chagas hodiernas, esqueci a dor;
A prova não estava vencida;
Ela veio, deu luz à rotina... à lida!...
... e a existência mostrou o seu valor!...A luta impôs seu dedo em riste,
Tornei-me fraco e de mente triste
... e ela chegou com o seu coração!Ela é a Lua, a Estrela e até o meu Sol
— Ela chegou!... (Fez-se luz do arrebol!),
Sua voz soou aos cantos como canção!...

Angela disse...

O teu texto transborda amor e felicidade. Lindo!

Beijinhos.

Glá disse...

Como pode uma pessoa ter uma capacidade tão imensa de traduzir sentimentos em palavras?

Fiquei boba de ler seus posts! =}

Tão... perfeitos!

:*

Anônimo disse...

NÃO ACREDITO MAIS EM POETISAS.

O Sibarita disse...

Oi, Saramar, você cada vêz mais tá retada nas escritas, que bom!

Seu texto esta muito legal, é isso e em frente...

Bjs
O Sibarita

Claudia Perotti disse...

Simples e lindo.
Adorei a imagem e vou pintá-la.
Depois te mostro o resultado.
Bom final de semana!
Beijinhossssssss

Márcia(clarinha) disse...

Doce Saramar
palavras transbordando doçura e amor..
lindo dia flor
beijosssssssss

desassistidas disse...

Olá Saramar, vim conhecer o seu blog e me deparo com tão belas palavras.
parabéns,
abraços,
THA

maria . disse...

um amor tão calmo que me ninou.

eu sempre intensa,
sempre vermelha,
sempre extrema,
desconheço essa paz
sigo de maos dadas com o caos
em busca da alegria
que me trazem duas esmeraldas
do mundo, as joias que mais brilham ;)

Marco Santos disse...

Ah, Saramar... E não queremos todos este andar descalços sobre a Vida, ao lado do nosso amor? Sim, é o que queremos, mas não tínhamos percebido até você o dizer de forma tão linda. Adorei. Beijos procê.