sexta-feira, outubro 13, 2006

Se me escondo assim em letras,
é que a solidão me fez perder
o dom das palavras.




Imagem: Dianne Poinsky

10 comentários:

soslayo disse...

Saramar:

Nem sempre as palavras conseguem transmitir aquilo que sentimos. Daí a dificuldade de na escrita nos exprimirmos. Um beijo.

Anônimo disse...

Eu tenho muito medo da solidão.
É verdade que de vez em quando precisamos no nosso espaço, estarmos só... Mas isso deve acontecer quando o queremos.
Agora viver dia após dia só... sem ninguém a nosso lado para conversar, para dar um carinho, isso é realmente assustador.

Beijinhos.

guto leite disse...

Vc as vezes me surpreende ... quando acho que esta curada lá vem essa tristeza toda de novo ... acho que andei meio desatento com vc ... rsrsrs ... um beijo grande do amigo ... guto leite.

Paulo Silva disse...

No meu caso as palavras fazem-me afastar a solidão.E você devia fazer o mesmo.
Bom fim de semana.

marconi leal disse...

Fiquei um tempo sem computador e voltei agora para recuperar o tempo e beber a beleza de tuas palavras. Deliciei-me. Beijos!

CAntonio disse...

Só estamos quando sentimos o vazio das batalhas não travadas, da flor que não oferecemos, do abraço que negamos ou do beijo que não demos.

A solidão é maravilhosa quando a compartilhamos com alguém; como você fez agora.

Uma flor, um grande abraço e um beijo para a não tão solitária (agora) Saramar.

SDS

disse...

onde as letras nos fazem comapnhia e se emendam na nossa solidão .. ficamos menos sozinhos ... mas não completamente acompanhados ...

Antoniel disse...

Só?
e veja: só!

seth disse...

E eu que já me escondi até no fundo do silêncio? Às vezes tudo é muito branco, não, na verdade é tudo muito negro. E aí, não há dom para palavras, nem para espasmos, uma boca muda, um olhar mais ainda, e o silêncio escancarado em nosso ser, e apenas nós sentindo-o fincado como lança, uma lança de solidão...

Seth

Marco Santos disse...

Huuum... Não acredito que a musa que inspira os poetas tenha te virado as costas. Ela é sua amiga íntima e vive te cumulando de gentilezas. Beijos procê. Bom final de semana.