segunda-feira, outubro 23, 2006

Definição


esperarei por ti até que todas as coisas sejam mudas.
Eugênio Andrade



O meu amor trouxe doces beijos e coloriu meus olhos com sua felicidade amarela e azul, com seus verdes frutos. Agreste, deixou em minha boca um sabor de sangue e em meus seios, qual em flores, a ternura de orvalhos. Meu amor é outono, é primavera.

O meu amor trouxe o riso e a espera que o dia se acabe para finalmente, qual criança, me colher em seu peito e acalmar minha saudade. Meu amor é suavidade.

O meu amor veio, corsário com flores, com mel e arrebatamentos e roubou-me das dores e das sombras. Roubou-me para si e suas audácias. Para mim canta canções inebriadas. Meu amor é vinho e seus aromas.

Meu amor é teia e me envolve na madrugada com cantigas que só os amantes conhecem e nele me revolvo insone e indômita. Meu amor é delírio.

O meu amor é violência de chuvas, arranca raízes, desfaz crepúsculos para amanhecer em sol radioso de beijos e murmúrios. Meu amor é, finalmente, paz matutina.

Imgem: Jason Edwards

10 comentários:

Anônimo disse...

Lindo de beijos, coloridos e amor.
Como é lindo amar.

Beijão
OPaulo

baratas disse...

Saramar, a política se me atrai por seu valor social, também, me cativa pelo seu rico material à ironia e o riso. Há muito de exemplar nela. E como há!
P.S.: Obrigado, pela visita e, vejo que o bom gosto com as letras leves e articuladas faz deste teu blog um refinado confidente do teu dia-a-dia. Parabéns! Saúde e paz!
www.baratas.tk

Lia Noronha disse...

Saramar: um amora sempre nos acrescenta...mesmo que nos faça chorar muita vezes!
Bjus com carinho neste começo de semana minha querida amiga.

Anônimo disse...

Fiquei tão comovida com o teu texto!
É lindíssimo! Tem tantas coisas que eu sinto!

O amor assim é o mais puro e intenso que pode haver.

Que bom que é ler-te!

Beijo grande.

Anônimo disse...

Mas que texto fabuloso.
Amei cada palavra.
beijinhos

B R E N A disse...

Paz matutina.

Nada melhor do que acordar bem... essa paz interior de quando a gente ama.

ficou meio clichê, né?!

Beijos

rubo medina disse...

O seu amor é uma tormenta que passa e traz um novo dia.
Beijos, Saramar.

A minissérie Dulcinéia http://dulcineia.blogspot.com

disse...

até que todas as cores sejam mudas ..
cores são berrantes demais ..
deixam coloridos todos estes delírios ...

Bill disse...

Eugênio tudo de bom...

Agora tu toda prosa ^^
Amor em versos, mutante invariavel, doce coisa amarga...
Lindo.

:***

Marco Santos disse...

Saramar, Saramar... Assim você me mata!
Nem tenho palavras pra descrever meu encantamento com esse post.
Só te mando beijos. Muitos.